Preocupação X Planejamento

Quando nos deparamos com um problema, aparentemente, sem solução, nossa primeira tendência é piorarmos ainda mais a situação elevando os níveis de preocupação.

Cada vez que nos preocupamos, damos à nossa mente total controle sobre nossas vidas. Não estamos integralmente no controle, nossa mente está!

A preocupação é uma atividade mental cognitiva e é, geralmente, sobre algo que pode ou não acontecer no futuro. Tem a ver com o nosso desejo de controlar a vida.

A preocupação está conectada a algo que ainda não aconteceu mas que nosso cérebro insiste em trazer para o tempo presente através do nosso pensamento.

Você pode estar se perguntando: Consigo controlar isso?

Sim, podemos identificar e controlar nossos pensamentos. A preocupação é inerente ao perfil controlador e você pode utilizar o seu próprio perfil a seu favor!

Como assim?

Vamos lá: Ao contrário do que muita gente pensa, a preocupação não nos ajuda a resolver problemas. Muito pelo contrário, ela pode gerar outros problemas ainda maiores. Nos preocupamos por algo que ainda nem aconteceu e muitas vezes, nem chega a acontecer e isso gera muita ansiedade. São idéias fixas e antecipadas que perturbam o indivíduo, a ponto de produzir muito sofrimento e desconforto físico e psíquico, estabelecendo uma conexão direta para o estresse.

Se alguns dos acontecimentos que você está antecipando em sua mente realmente são passíveis de se tornar realidade, não perca tempo com preocupações!

Comece agora mesmo o planejamento para minimizar os impactos, modificar ou até mesmo impedir os acontecimentos. Use o tempo para pensar, o que você pode fazer no momento atual para se preparar, modificar ou prevenir os acontecimentos imaginados que te tiram o sono.

O que, de fato, depende de você para mudar ou impactar a situação? Qual é o 1/3 que te cabe para a solução desse problema?

Diga a você mesmo: Eu controlo a minha mente!

A preocupação causa desconforto e o planejamento causa a sensação de bem estar , sensação de estar no controle da própria vida!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *